Vera Cruz - RS, domingo, 26 de maio de 2019
Publicado 26/04/2019 » Geral
Contra a hipertensão, exercício e orientação
Fonte: Jornal Arauto

Valdoci Martim dos Santos tem 65 anos. Morador de Santa Cruz do Sul, precisou mudar os hábitos após descobrir hipertensão e diabetes. O aposentado conta que desde os 36 anos passou a monitorar a pressão, após alteração em um exame demissional. Há cerca de 20 anos, toma remédios contínuos para estabilizar a conhecida pressão alta. Até pouco mais de dois anos, Valdoci gastava entre R$ 200 a R$ 250 com medicamentos.

Hoje, morando no bairro Margarida, participa do grupo local, por meio do Núcleo de Apoio Saúde da Família (NASF). É na unidade do bairro que também consulta e recebe os medicamentos, vindos da Farmácia Municipal. 

Valdoci é um entre tantos que sofrem com hipertensão. Para promover e prevenir a doença, bem como a diabetes (doenças crônicas que mais acometem a população), em Santa Cruz são realizadas algumas ações, entre elas, atividades em grupos no Ambulatório do Idoso, Hipertenso e Diabético e grupos do NASF-AB, que atua junto com as Estratégias de Saúde da Família (ESFs), prestando auxílio nos grupos.

EM VERA CRUZ
Atualmente, estima-se que 24% da população vera-cruzense tem alguma doença crônica. Destes, 84% são hipertensos. Hoje, pessoas com hipertensão são atendidas em grupos do seu território e referenciados para grupos do NASF para aplicação, auriculoterapia, meditação, grupo dormir e sonhar, além do atendimento multidisciplinar, com nutricionista, psicóloga, assistente social, farmacêutica, profissional de educação física e atendimento clínico médico, segundo Inadjara Hickmann, coordenadora do NASF-AB.

Nesta semana, em alusão ao Dia Mundial da Hipertensão, que ocorre nesta sexta-feira, dia 26, o NASF realizou atividade em parceria com a Unisc. Na ocasião, além de abordar sobre a importância de tratar a hipertensão, foi possível participar da musicoterapia e massagem Quick.

NO VALE
Em Vale do Sol, conforme a Secretaria de Saúde, há 2.098 pessoas hipertensas. No município, é feito o trabalho de promoção e prevenção contra a patologia e também de diabetes, conforme a coordenadora administrativa da Secretaria de Saúde e da Atenção Básica, Jaqueline Silveira da Rosa. Segundo ela, os Grupos de Diabéticos e Hipertensos ocorrem dentro do território de cada ESF e são divididos por localidades. 

Confira a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira, do Nosso Jornal.

Na ESF Margarida, atividades ocorreram na quinta-feira (Foto Luciana Mandler/ Jornal Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet