Vera Cruz - RS, domingo, 26 de maio de 2019
Publicado 23/04/2019 » Geral
Bananas mais saudáveis à mesa
Fonte: Jornal Arauto

Pode não parecer, mas algumas regiões do interior de Santa Cruz do Sul, Sinimbu, Venâncio Aires, Vale do Sol e Vera Cruz permitem o cultivo de frutas tropicais, a exemplo da banana. Em Linha São Martinho, interior de Santa Cruz, a localidade possui as mesmas características da encosta da serra e por isso, o produtor que apostar no cultivo da fruta pode obter bons resultados. Perci Frantz, depois de quatro tentativas de produção de orgânicos, de diferentes culturas, resolveu apostar na produção de bananas. Há cerca de nove anos vem produzindo as frutas no sistema agroecológico e revela: “a banana é uma das culturas mais rentáveis”. 

O produtor é referência na região no cultivo de banana, até mesmo para quem trabalha no sistema convencional. Perci, como é mais conhecido, reforça que é possível produzir alimentos saudáveis. Em Santa Cruz existem em torno de cinco pequenos produtores, que comercializam para feiras, segundo informações da Emater local. Em Vale do Sol, são quatro produtores, que juntos somam aproximadamente 20 toneladas ao ano, conforme aponta o secretário municipal de Agricultura, Lenio Trevisan. Já em Vera Cruz, quase todas as propriedades rurais possuem plantação de bananas para consumo doméstico e, em alguns casos, com venda de excedente. Comercialmente, existem apenas dois produtores. Nenhuma propriedade possui certificação de produção orgânica, porém, grande parte deste cultivo é realizado sem o uso de agrotóxico, segundo explica um dos técnicos da Emater.

O ESTÍMULO
O estímulo para não desistir da cultura e do cultivo, segundo Perci, foi as trocas de experiências com outros produtores, visitas técnicas e auxílio dos técnicos agrícolas. Na própria propriedade, Perci Frantz conta com o auxílio de um técnico agrícola, Diego Scherer, responsável pela rastreabilidade e acompanhamento do manejo junto à lavoura de bananas e também de citros, além da assistência de uma bióloga. Por saber do quão importante é produzir alimentos mais saudáveis, Perci estimula novos produtores a investirem no sistema agroecológico. Atualmente, toda sua produção tem certificação orgânica.

PRODUÇÃO
Ao todo, Perci tem 5,5 hectares, e três são destinados ao cultivo de bananas. São em torno de 10 variedades (entre elas a mais conhecida, a prata) e cerca de 3,7 mil touceiras de bananas plantadas, somados a 1,4 mil pés de citros. As bananeiras produzem, entre um a dois cachos e cada cacho pesa, em média, 10 quilos.

O fruticultor colhe o ano inteiro, porém, o auge da colheita ocorre nos meses de novembro e dezembro, março, abril e maio. Para se desenvolver, a banana leva entre quatro e sete meses. No verão, costuma levar, em média, quatro meses, enquanto que no inverno, leva cerca de seis meses, devido à temperatura.

AGROECOLOGIA
O sistema agroecológico é autossustentável. Nele, utiliza-se o que tem na propriedade, deixando a natureza trabalhar e aproveitando todos os benefícios do meio. Este é o sistema ideal e mais saudável de produzir alimentos.

Confira a matéria completa na edição impressa desta terça-feira, do Nosso Jornal.

 

Perci e Diego (à esq.) apresentaram como é a produção (Foto: Jornal Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet