Vera Cruz - RS, domingo, 20 de maio de 2018
Publicado 19/01/2018 » Geral
Vigilância interdita comércio no Centro de Vera Cruz
Fonte: Jornal Arauto

A falta de alvará sanitário e a exposição de produtos com a data de validade vencida foram dois dos fatores que levaram a interdição cautelar de um estabelecimento comercial do Centro de Vera Cruz. Movida por denúncias, a Vigilância Sanitária vistoriou na terça-feira, dia 16, a loja Mundo Real, localizada na Avenida Nestor Frederico Henn. Os fiscais conferiram as mercadorias e encontraram, além de itens vencidos, algumas armazenadas de forma inadequada no estoque. O alvará de localização ainda estava em desacordo, tendo em vista que o endereço do estabelecimento não conferia com o descrito no documento. Frente a essas constatações, a Vigilância Sanitária interditou o local. Um processo administrativo sanitário foi aberto. A loja tem prazo para apresentação da defesa e para a realização das adequações necessárias. A interdição cautelar é de no máximo 90 dias.

Os itens encontrados em desacordo com a legislação, já que estavam vencidos, foram recolhidos. 57 pacotes de salgadinhos, de uma mesma marca, mas de sabores diferentes, foram inutilizados pela Vigilância, que aponta sobre a importância dos estabelecimentos comerciais que vendem produtos alimentícios de ter os documentos sempre em dia. “Como constatamos falta de alvará sanitário, a loja não dispunha de controle de pragas, como moscas, baratas e ratos, que é uma exigência para a liberação do alvará”, explica o veterinário e coordenador da Vigilância, André Mello Sant’Anna. “Não encontramos produtos violados, embora as denúncias apontassem que existiam embalagens de produtos abertas. Mas é para isso que servem as denúncias, para que a Vigilância verifique sua veracidade”, acrescenta o profissional.

“Foram falhas pontuais”
Interditada desde terça, a loja prevê a reabertura ainda nesta sexta-feira, dia 19. Angela Neumann, advogada da proprietária Ivone Pasquali, diz que “foram falhas pontuais e humanas” e que os pedidos feitos pela Vigilância Sanitária, de dedetização e desratização, já foram executados na tarde de ontem. “Já providenciei também o alvará de tributação, que estava em endereço diferente ao que a loja está situada”, acrescenta. Angela ainda informou que os produtos encontrados armazenados de forma irregular já foram devidamente acondicionados. Antes da emissão do alvará sanitário, a Vigilância fará uma nova vistoria. 

 

Validade dos produtos apreendidos na loja era dezembro de 2017 (Foto Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet