Vera Cruz - RS, quinta-feira, 19 de julho de 2018
Publicado 12/01/2018 » Geral
Sol e calor, como enfrentar o trabalho sob altas temperaturas
Fonte: Jornal Arauto

O verão chegou acompanhado das altas temperaturas. Na tarde desta quinta-feira, dia 11, por exemplo, os termômetros registravam, em média, 30 graus em Vera Cruz. Porém, a sensação térmica era de 36 graus. Para quem tem o privilégio de trabalhar em um ambiente fechado e climatizado, o sol forte e a sensação de calor não são problemas. Já para aqueles que precisam enfrentar o calor e o sol, a tarefa não é fácil. 

Existem profissionais que se expõem diretamente à radiação solar, muitas vezes sem proteção adequada. Entre eles estão os trabalhadores rurais, trabalhadores da construção civil, pescadores e carteiros. A falta de cuidado pode trazer problemas futuros, como o câncer de pele. Conforme o médico dermatologista Pánfilo Vega Lino, todas as pessoas que se expõem diretamente aos raios solares em função de sua atividade profissional ou aquelas que se expõem no verão com finalidades estéticas ou recreativas, devem conhecer os riscos a que estão expostas, usar roupas adequadas, chapéu com aba, óculos escuros contra raios solares, e uso correto e regular de filtros solares adequados para seu tipo de sua pele.

BOM EXEMPLO
Exposto ao sol diariamente, Elton Morais de Oliveira, de 33 anos, não exita em cuidar da pele quando o assunto é exposição solar. Carteiro há oito anos, além do protetor solar, oferecido pelos Correios, o profissional não dispensa o uso do chapéu, óculos de sol, camiseta, bermuda, meia e calçados, também ofertados pela empresa, a fim de garantir proteção total. 

Há cerca de um ano, Elton faz as entregas das correspondências de moto, mas eventualmente, quando precisa cobrir as férias de algum colega, como nesta semana,  precisa fazer o trajeto a pé. Antes mesmo de ir para a rua, aplicou o protetor solar, de fator 40.

Além do rosto, o carteiro protege a região do pescoço, das orelhas, dos braços e dos joelhos. “Não gosto muito de colocar, pois não gosto da sensação de estar grudando, mas aplico por questão de saúde e de prevenir doenças no futuro, como o câncer de pele, por exemplo”, sublinha.

Como costuma fazer o serviço externo na parte da manhã, para evitar o calor excessivo, meia hora antes de começar a entrega das correspondências, já aplica o protetor. Se precisar retornar às ruas pela tarde, reaplica o produto.

Assim como cuida da pele, Elton busca se manter hidratado, carregando sempre uma garrafa de água congelada. “Na medida que vou fazendo as entregas e vem a sede, completo de água. Depois jogo o resto fora, pois se o gelo estiver na garrafinha sem a água, dura mais tempo”, dá a dica. 

Diariamente, Elton trabalha oito horas, iniciando às 6h45min até as 15h45min, com intervalo de uma hora (das 12 às 13 horas). Além dos cuidados no dia a dia, o carteiro reforça que tenta realizar todo o serviço de entrega pela manhã, a fim de evitar ter que encarar o sol da tarde.

HORÁRIO INDICADO
O horário mais adequado de exposição ao sol pela manhã é até as 10 horas e pela tarde, das 16 horas em diante (tomando como referência o horário normal e não o horário de verão), aponta o dermatologista Pánfilo Vega Lino. Assim, durante o horário de verão, o indicado é ir para o sol depois das 17 horas. 

Segundo Pánfilo, quanto mais sensível a pele aos raios solares, quanto maior o tempo que vem se expondo ao sol e quanto maior a idade do trabalhador, os filtros solares  a serem utilizados deverão conter maior Fator de Proteção (mínimo FPS 30). “É muito importante destacar que o tempo de proteção conferido pelos filtros solares independe do Fator de Proteção, desde o mais fraco FP15 até o FP100, não protegem por mais de duas horas. Portanto, quem se expõe ao sol por mais de duas horas, os filtros deverão ser reaplicados, visto que se diluem perdendo seu efeito protetor em função da sudorese da pele e pelo efeito do vento sobre a pele”, explica.

Confira a reportagem especial na edição desta sexta-feira, nas páginas 8 e 9, do Nosso Jornal.

O carteiro Elton utiliza protetor solar, óculos de sol e chapéu, além de beber água (Foto: Jornal Arauto)






JORNAL ARAUTO
(51) 3718-3400
Rua Jacob Blész, 38 - Vera Cruz - RS
Caixa Postal 58 - CEP: 96880-000
Copyright © 2010 - www.jornalarauto.com.br






by Sizing - Soluções para Internet